Você que está grávida, amamentando ou está planejando um bebê sabe quais são os cosméticos que precisam ser evitados durante esse período? Sabe o motivo de se preocupar com isso? Sabe a importância de continuar os cuidados com a pele e ser uma mamãe linda?

E você, profissional da área de estética, sabe como orientar suas clientes?

Preparei esse post para falar sobre a limpeza de pele na gravidez e os cosméticos não recomendados nesse período… boa leitura!!!

Para entender o motivo de evitar certos componentes químicos durante a gravidez, vamos resumidamente tratar de um órgão denominado placenta que separa o feto do endométrio uterino da mamãe e ela, juntamente com o cordão umbilical, tem a função de transportar substâncias (nutrientes e excretas) entre a mamãe e o bebê.

As substâncias transportadas na circulação feto-materna são gases (oxigênio, dióxido de carbono e monóxido de carbono), nutrientes (água, glicose, aminoácidos e vitaminas), hormônios, eletrólitos, anticorpos maternos, produtos de excreção, agentes infecciosos, e o que nos interessa para esse tópico, drogas/fármacos e seus metabólitos, entendendo aqui que estão a maioria dos medicamentos, mas também cremes, esmaltes, shampoo, pomadas, entre outros.

Detalhando um pouco melhor a placenta, para que possamos compreender um pouco mais a troca de substâncias entre a mamãe e o bebê, temos a membrana placentária como uma estrutura importante que separa o sangue materno do fetal. Após a 20ª semana de gestação, essa membrana torna-se fina e tem a função de agir como uma barreira, assim alguns metabólitos, toxinas e hormônios, embora presentes na circulação materna, não atravessam a membrana placentária em quantidades suficientes para afetarem o bebê, mas a maioria dos medicamentos e outras substâncias presentes no sangue materno ultrapassa essa membrana e atinge o bebê.

Antes de falar sobre as substâncias comumente evitadas, vamos aproveitar e ver um pouco sobre como ocorre a lactação e como os nutrientes são passados da mamãe para o bebê também durante esse período.

Resumidamente, a estrutura da mama é composta de cerca de 25 lobos mamários em cada mama e esses, por sua vez, são formados por 10 a 100 alvéolos onde estão contidas as células mioepiteliais e, entre os lobos mamários, há tecido adiposo, tecido conjuntivo, vasos sanguíneos, tecido nervoso e tecido linfático. O leite produzido é armazenado nos alvéolos e nos ductos.

É importante ressaltar que a placenta é muito mais permeável do que o tecido das mamas, entretanto, ainda assim uma pequena parte das substâncias passa para o leite materno. Algumas não são absorvidas pelo sistema digestivo do bebê, mas há medicamentos cuja absorção e efeitos não foram estudados e outros que são comprovadamente prejudiciais.

Em se tratando de cosméticos, temos que ter atenção à algumas substâncias, mesmo de maneira geral, o Ministério da Saúde esclarecer que os cremes e demais preparações de soluções tópicas, geralmente não são excretadas no leite materno em quantidades significativas. Mas em alguns casos, ainda são necessários mais estudos. Abaixo listei as principais substâncias contidas nos cremes e sua relação com o leite materno:

SubstânciaCompatibilidade com aleitamento maternoExemplos
Diacetato de alumínioUso compatível com a amamentaçãoLoções adstringentes e desodorantes
Ácido aminolevulínicoUso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação. Absorção transcutânea desprezível.

Substância fotossensibilizante utilizada em tratamentos estéticos como na Terapia Fotodinâmica.

 

Ácido salicílico

Uso criterioso durante a amamentação. Absorção sistêmica

depende de sua concentração, da quantidade

aplicada e da duração do uso. Excretado para o leite materno. Risco de Síndrome de Reye no lactente.

Cremes para tratamento de acnes e manchas e em peelings químicos na estética
Ácido tricloroacético – TCAUso compatível com a amamentação.Utilizado em procedimentos estéticos de peelings quimicos
Benzoil peróxidoUso compatível com a amamentação.Cremes e géis para tratamento de acnes
Ácido p-aminobenzóico, fator de proteção solarUso compatível com a amamentaçãoProtetores solares
Benzofenonas (fator de proteção solar)Uso compatível com a amamentaçãoProtetores solares
Óxido de zincoUso compatível com a amamentaçãoProtetores solares
Ácido retinóico (tretinoína)Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação. Evitar uso oral. Preferir uso tópico.Cremes para tratamento de acne e para rejuvenescimento facial. Também utilizado em procedimentos estéticos de peelings quimicos
IsotretinoínaUso contraindicado durante a amamentação.Cremes e medicamentos para tratamento de acne
TazarotenoUso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para o uso durante o perí- odo da lactação. Evitar uso em áreas extensas do corpo.Cremes para tratamento de acne e psoríase
Coenzima Q10 (Ubiquinona)Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação.Cremes hidratantes e anti-idade
CromoUso criterioso durante a amamentação. O excesso no adulto pode levar à intoxicação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação.Cremes anti-idade
SelênioUso criterioso durante a amamentação. Pode haver elevada absorção do produto em lesões abertas da pele. Não aplicar no mamilo. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactaçãoShampoo anti-caspa,  hidratantes labiais e cremes anti-idade
Vitamina A (retinol)Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação. Evitar uso de dose maior que 5.000 UI/dia.Cremes anti-idade
Vitamina B1 (Tiamina)Uso compatível com a amamentação.Óleos de massagem corporal.
Vitamina B2 (Riboflavina)Uso compatível com a amamentação.Óleos de massagem corporal, cremes para pentear e anti-idade
Vitamina B3 (ácido nicotínico)Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação. Não ultrapassar a dose de 2mg/dia.Cremes anti-idade e hidratantes labiais e para pernas e pés.
Vitamina B7 (biotina)Uso compatível com a amamentação.Encontrado em seruns rejuvenescedores, hidratantes faciais e cremes anti-idade
Vitamina C (ácido ascórbico)Uso compatível com a amamentação. Observar hemólise e icterícia em crianças pré-termo.Encontrado em seruns rejuvenescedores, hidratantes faciais, cremes anti-idade e clareadores
Vitamina KUso compatível com a amamentaçãoEncontrada em cremes hidratantes, anti-idade e para região dos olhos.
ZincoUso compatível com a amamentaçãoEncontrado em cremes hidratantes, anti-idade, cremes cicatrizantes, reparadores e em protetores solares.
Calêndula (Calendula officinalis)Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactaçãoCremes hidratantes, óleos e loções desodorantes
Camomila germânica (Matricaria chamomilla)Uso criterioso durante a amamentação. Risco de hipersensibilização.Cremes hidratantes, dentais, depilatórios, óleos de massagem, demaquilantes e máscaras faciais hidratantes.
Óleo de melaleuca (Melaleuca alternifolia)Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação.Cremes para tratamento da acne e caspa
Óleo de prímula da noite (Oenothera biennis)Uso criterioso durante a amamentação. Não há dados sobre segurança para uso durante o período da lactação.Cremes anti-idade, óleos corporais e tratamentos capilares
HidroquinonaUso criterioso durante a amamentação. Evitar uso prolongado.Cremes clareadores.

Fonte: Adaptado de Ministério da Saúde – Amamentação e Uso de Medicamentos e Outras Substâncias, 2014.

Ainda devem ser acrescentados à lista acima as substâncias as quais destaco abaixo por apresentarem grande potencial, comprovado ou ainda em estudo, de atravessar a membrana placentária e causar malformação ou alterações no bebê:

Substância Exemplos
Ácido glicólicoLoções adstringentes e gel de limpeza facial
CânforaCremes hidratantes e de massagem corporal
UréiaCremes hidratantes corporais e para os pés
ChumboColorações de cabelo e esmaltes
MetoxicinamatoProtetores solares
ParabenosCremes hidratantes, desodorantes, Shampoo, maquiagens
FitalatoFixadores de esmalte
Suplementos nutracêuticosPílulas utilizadas para tratamentos capilares, de celulite, anti-idade

Parece que esse conteúdo é um pouco extenso, mas a minha intenção é fazer com que as pessoas de qualquer formação ou grau de instrução possam compreender os riscos de utilização de certas substâncias durante a gestação e amamentação. Portanto muita atenção à composição do seu sabonete para uso diário, do seu hidratante facial, esfoliante, demaquilante, creme anti-idade, hidratante labial, creme clareador, maquiagem, shampoo, esmalte, entre outros.

Essas informações são de fácil acesso, pois basta verificar o rótulo de cada produto que você utiliza, lá estarão descritos os componentes do produto. Ainda, se tiver dúvidas sobre algum composto, sugiro que procurem o Serviço de Atendimento ao Cliente, o telefone ou o site da empresa fabricante. Ressalto ainda que essas informações de contato são obrigatórias em todas as embalagens.

Continuem acompanhando o blog que em breve postarei mais artigos e vídeos para vocês!

Salvar

Salvar

Quer ser avisado sobre mais posts como esse?
Inscreva-se de GRAÇA em nossa Newsletter

Referências:

Maio, M. Tratado de medicina estética. 2ª ed. Editora Roca. 2011

Galo, A. L. M. Da Célula ao Sistema; Cap. 6: Placenta e membranas fetais. 03/09/2015. Disponível em http://www.dacelulaaosistema.uff.br/?p=702

Junqueira, L. C. & Carneiro, J. Biologia Celular e Molecular. 9ª Edição. Editora Guanabara Koogan. 2012.

Guyton, A.C. & Hall, J.E. Tratado de Fisiologia Médica. 11ª Edição. Editora Elsevier. 2006

Ministério da Saúde: Saúde da Criança: Aleitamento Materno e Alimentação Complementar. 2ª edição. Cadernos de Atenção Básica, nº 23, 2015.

Ministério da Saúde: Secretaria de Atenção à Saúde Departamento de Ações Programáticas e Estratégicas: Amamentação e Uso de Medicamentos e Outras Substâncias, 2014 http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/amamentacao_uso_medicamentos_outras_substancias_2edicao.pdf

Comments

comments

63 comentários em “Cuidados com a pele na gestação e na amamentação”

  1. Parabéns pelo conteúdo! Muito bem explicado! Realmente até eu que sou leiga consigo compreender e aproveitar bem as informações. Um abraço!

    1. Olá Jailza,
      Obrigada pela sua pergunta e seu interesse.
      Ao pesquisar sobre o sabonete Asepxia (R), pude verificar que ele contém em sua fórmula um composto denominado Antiacnil-3*, e que fica esclarecido pelo próprio site do fabricante que tal composto trata-se de ácido glicólico e ácido salicílico juntos. Portanto, tem sim um percentual de ácido no sabonete. O ideal para períodos como gestação e amamentação, para controle de cravos, espinhas e pele oleosa é optar sempre por sabonetes naturais a base de argila, por exemplo, que auxiliam no controle da oleosidade da pele, ou até mesmo o ácido azeláaico que pode ser prescrito pelo ser médico dermatologista, em uma concentração segura para esse período de amamentação.

  2. Bom dia! existe alguma concentração segura de ácido salicílico em cremes cosméticos que mulheres em fase de amamentação podem usar?
    Minha filha tem 2 anos, mas ainda amamento.
    Tenho queratose pilar que piorou pela falta de tratamento desde a gravidez.

    1. Olá Mel,
      Muito obrigada pelo seu interesse e pela sua pergunta.
      Há uma tendência entre os profissionais médicos na prescrição de ácido salicílico na concentração de até 2% durante o período de amamentação, isso porque afirma-se que o contato fica restrito à pele na área aplicada. Essa concentração é a encontrada na maioria dos cosméticos que levam esse ácido em sua composição. Mas, considerando a possibilidade de absorção do ácido pela pele, não é possível afirmar que ele na concentração à 2% chegará ou não na corrente sanguínea a ponto de causar prejuízos ao bebê. Infelizmente não há um consenso na literatura científica sobre uma concentração segura de ácido salicílico para o período de amamentação. Assim, a melhor decisão é conversar com seu médico a respeito do assunto, considerando, por exemplo, a extensão da sua queratose pilar e a idade da sua filha, que aos 2 anos já não se alimenta exclusivamente pelo leite materno, portanto a quantidade de leite ingerida por ela e o amadurecimento do organismo podem ser fatores que auxiliem você e seu médico na retomada do tratamento com ácido salicílico em concentrações baixas.

          1. Olá, boa noite!
            Minha filha tem quase 2 anos, mama só a noite. Eu tenho muitas marcas e cicatrizes e acne, gostaria de poder fazer algo pra amenizar, um peeling químico, pode? Se sim com qual substância? Obrigada

          2. Olá Jeanifer, nesse caso ela não está com a amamentação exclusiva, mas mesmo assim eu não recomendo peelings químicos devido a alta concentração dos ácidos utilizados. Recomendo aguardar o desmame. =)

    1. Olá Camila,
      Muito obrigada pela sua pergunta e seu interesse no conteúdo!
      Pois bem, o ácido glicólico deve-se ter um pouco de cautela, pois faltam estudos científicos sobre a sua real interferência no período de gestação e lactação. Há profissionais que seguem a literatura que afirma que o uso do ácido glicólico na concentração abaixo de 10% é segura nesse período. Considerando, no seu caso, que a amamentação já não é exclusiva, pode-se avaliar o uso desse componente em baixas concentrações juntamente com seu médico.

  3. Ola!!Estou amamentando e posso passar aquela mistura de hipoglos mais bepantol mais creme nívea no rosto?Antes de engravidar usava protetor solar da La Roche anti idade,posso continuar passando durante o período de amamentação?
    Obrigada!!

    1. Olá Cibele,
      Obrigada pela sua pergunta!
      A principio, a mistura de todos esses cremes hidratantes não tem muita interferência com o período de amamentação, entretanto é importante verificar na composição de cada um a presença de substâncias como a Coaenzima Q10 (também escrita com o nome de Ubiquinona), Selênio e a alta concentração de vitaminas do tipo A e B que contem principalmente nos cremes para assaduras.
      Um grande abraço!

  4. Boa tarde meu nome é Alessandra, tenho uma bebê de 4 meses e meio e estou amamentando, meu rosto está com muitas manchas que foi adquirida na gravidez, confesso que não sou cuidadosa ,mas já tenho 30 anos e devo me cuidar…gostaria de saber se posso usar clareador ou vitamina C da Payot? Se não puder ,gostaria que me indicasse um creme que eu possa usar…obrigada! Deus Abençoe grandemente!!!

    1. Olá Alessandra, boa tarde.
      Primeiramente mil desculpas pela demora na resposta, estava aqui na correria com meu filho pequeno também. Mesmo que talvez já tenha acabado seu período de amamentação pela data em que me escreveu digo que a Vitamina C ela pode ser usada com moderação pois auxilia no clareamento e ainda ajuda a proteger dos danos como poluição por exemplo que geram radicais livres e envelhecem a pele. Caso você já tenha terminado a fase de aleitamento, pode procurar uma clínica estética de sua confiança para realizar um peeling ou então um tratamento com laser ou luz pulsada que auxiliam muito no clareamento de manchas pós gestação. Um grande beijo!

  5. Olá, uso o óleo de melaleuca, pois estou com micose nas unhas.
    Atualmente amamento, não vi alteração no meu bebê depois de iniciar.
    Quando fala de uso criterioso, como devemos proceder?

    1. Olá Magda, cânfora não é muito recomendada. Deve ser avaliada a porcentagem de cânfora presente no creme. Mas, existem cremes hidratantes para estrias que são mais livres de alguns compostos que podem causar prejuízos durante a gestação/amamentação, vale a pena investir nesses produtos e hidratar bastante a pele na região do abdome e seios para evitar o aparecimento de estrias. Abraços

  6. Olá,minha bebê tem 10 meses e ainda mama,faz mal para ela se eu usar creme à base de Uréia 10% ??,pois faço tratamento de quaratose bos braços e pernas.

    1. Olá Idivana,
      Como sua bebê já tem 10 meses e pela data da sua pergunta ela já deve estar com 1 ano, o creme de uréia não é prejudicial pois nessa idade o bebê já se alimenta com outras fontes de nutrientes não sendo exclusividade a amamentação. Quanto a porcentagem da uréia no creme, vale a pena avaliar junto ao pediatra.

  7. Olá! Parabéns pela explicação! Amamento meu filho de 4 meses e gostaria de usar um sabonete facial que tem ácido hialurônico (Hydra Boost). Sabe se é seguro p quem amamenta?

    1. Olá Claudia, muito obrigada pelo elogio! Fiz esse post com muito carinho para todas nós mamães ficarmos mais atentas! pela data da sua pergunta, sua filha já deve estar maior e talvez você nem esteja amamentando mais. Desculpe pela demora no retorno. O ácido hialurônico é constituinte do nosso organismo, então não há nenhuma contraindicação referente a ele. Abraços

    1. Olá Bruna, a Johnson tem uma grande linha de cosméticos para bebê e também para mamães. Não conheço esse creme especificamente mas por ser hidratante acredito não haver restrições. Vale a pena conferir se não há nenhum ácido ou uréia em sua fórmula que contra indique o uso. Abraços

    1. Olá Sâmya, tudo bem ^^
      A questão do uso de cremes com ureia é que dependendo da concentração de ureia no composto, pode ser prejudicial no momento de amamentação para o bebê. Desse modo, não é recomendado durante esse período.

    1. olá Edivania, esse LUMICLEAR conforme eu pesquisei trata-se de uma creme com ativos naturais, porém por ser clareador, pode ainda conter ácidos na formulação. o trecho a seguir está na descrição do produto veja: “No caso de grávidas ou que amamentam, crianças menores de 12 anos, idosas, pessoas com doenças pré existentes ou que utilizam algum remédio regularmente, é necessário a consulta médica antes de começar o uso”. Nesse caso, o melhor seria consultar seu médico a respeito do ativo.

  8. Bom dia

    Estou com um creme manipulado

    L-cartinina 5% coenzimaQ10 2% cafeína 1% transcrito 2% estou amamento, será que posso fazer uso ? O creme é de 100g

  9. Meu filho tem 1 ano e 1 mês. Fiz hj uma limpeza de pele (na clínica utilizam produtos da Adcos e Dermage) e estou preocupada pq após a limpeza a moça falou que se meu filho amamentasse exclusivamente não era recomendado. Como assim?? Quem amamenta pode fazer limpeza de pele? Tenho retorno próxima semana e estou com medo de ir!!

    1. Olá Rafaele. Não precisa ficar com medo! Temos duas situações diferentes, uma da amamentação exclusiva e outra da amamentação complementar. Seu filho com 1 ano provavelmente já tenha iniciado a introdução alimentar e não dependa exclusivamente da amamentação. Limpeza de pele é um procedimento que gestante pode fazer, entretanto deve-se adotar alguns cuidados como evitar o uso do componente trietanolamina que é muito utilizado como dilatador de poros e demais componentes com ácido na formulação.

  10. Olá Giselle, primeiro gostaria de elogiar a iniciativa e a postagem de excelente qualidade. Gostaria de saber se posso usar o creme Lift Max (ácido hialuronico, colágeno e óleo de rosa mosqueta – contém vitamina A e E), estou amamentando minha filha que está com 4 meses.

  11. Olá, gostaria de saber quais as concentrações recomendadas de vitamina C e ureia para quem amamenta. Minha filha já vai fazer 3 anos e ainda amamento. Gostaria também de saber se a vitamina C é eficiente para manchas na virilha e se existe outro ácido que posso usar amamentando para clarear manchas.

    Adorei o blog e o artigo!

    1. Olá Milena, muito obrigada pelo seu comentário!
      a concentração da vitamina C podem variar até 20% importante não exceder muito essa concentração. Já a ureia, não recomendaria. O ideal para a ureia seria consultar seu médico. No seu caso, sua filha já não está mais em amamentação exclusiva, assim as restrições não são tantas.
      Vitamina C sozinha para clareamento de virilhas não se mostra tão eficaz. O ideal seria associar outros ácidos como mandélico e ferúlico aliado a procedimentos estéticos para essa região.

    1. Olá Luciana, recomendo que você consulte um profissional da área da estética ou um médico para avaliar seu melasma e assim poder direcionar o melhor um tratamento no seu caso. Em relação ao seu bebê, recomendo que antes de iniciar algo com ácido aproveite esse momento mágico de laços entre você e ele. =) beijos!!!

  12. ESTEFANE GERTRUDES GOMES DA SILVA

    Boa tarde! Estou amamentando exclusivamente, minha filha tem 5 meses, é perigoso usar máscara reguladora de oleosidade e minimizadora de poros?

    1. Olá Estefane, nesse caso é necessário avaliar a composição dessa máscara, nesse caso se ela regula a oleosidade pode ser que tenha uma porcentagem de ácido salicílico e nesse caso pode não ser tão recomendada para esse período, principalmente se o aleitamento ainda for exclusivo. Opte por sabonetes específicos para o rosto e para peles com oleosidade mas que não contenham ácido salicílico ou até sabonetes a base de argila verde e zinco.

  13. Olá lactantes podem usar efeclar anti idade serium?
    Minha pele é muito oleosa, gostaria de usar o sabonete normaderm tbm e o protetor solar, não durmo bem pois minha filha acorda muito pra mamar, estou envelhecendo muito rápido, preciso cuidar da minha pele, socorro!!

    1. Olá, Flavia, não recomendo o efaclar anti idade serum, pois esse contém ácidos como o glicólico. Você pode regular a oleosidade da sua pele com sabonete a base de zinco e argila ou até as grandes empresas de cosméticos como Adcos, Dermage entre outras possuem sabonetes que são recomendados para esse período e que ajudam a regular a oleosidade. Cuide-se nesse período, cuide da alimentação e da ingestão de água para mantes a hidratação da pele. E calma, pois tem muitas alternativas para cuidar da pele nesse período. Aposte por exemplo no serum da vichy mineral 89, ou nos hidratante da clinique e uma vitamina C que já auxiliam no processo de hidratação e manutenção da pele. Após o desmame ai opte por procedimentos estéticos que ajudem a elevar ainda mais sua autoestima! =)

  14. Ola. Tudo bem?
    Você pode me dar alguns dica de tônico para pele oleosa para quem amamenta? Meu dermatologista indicou um, porém tem ácido salicílico na fórmula e fiquei com medo.
    Ah, água thermal tem alguma contraindicação?

    Obrigada!!!

  15. Olá Giselle, tudo bem? Que texto maravilhoso, obrigada por compartilhar!
    Minha dúvida é: se eu fizer apenas 1 peeling químico de ácido retinóico no rosto, tem muito impacto? O que poderia causar no bebe?
    Ele mama e tem 11 meses.
    Obrigada!

    1. Olá Mayra, obrigada!
      Sim, tem muito impacto. o ácido retinoico é teratogênico e se acumula no organismo. Se seu filho ainda mama, mesmo que não exclusivamente eu não indico esse ácido! Sobre o que poderia causar no bebê, recomendo que olhe a bula do medicamento Roacutan que também é a base de isotretinoina, derivada do ácido retinoico para verificar os efeitos colaterais. =)

  16. THAIS DE SOUSA CORSINO

    Olá! Estou amamentando e minha massagista utiliza um gel a base de cânfora e mentol. Gostaria de saber se pode prejudicar o meu bebê.

    1. Olá Thais, no caso de gestação pode prejudicar e não é recomendado, mas no caso do aleitamento eu recomendo seguir as orientações do pediatra do seu filho. Há outros tipos de cremes também que podem ser utilizados durante esse período. Eu recomendaria optar por cremes sem esses ativos.

  17. Olá..minha filha tem 5 meses, e faz amamentaçao exclusiva.
    gostaria de saber se posso usar um creme pra cabelo que contem parabenos?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você que saber sobre algum outro assunto relacionado a estética, realizar convite para eventos ou palestras entre em contato comigo.

Rolar para cima